Mangueira para jardim: conheça os diferentes tipos deste equipamento


No atual mercado brasileiro, é possível encontrar inúmeras marcas e modelos de mangueira para jardim. Cada uma delas é dotada de características específicas, sendo, portanto, aplicável em diferentes circunstâncias — o que, por sua vez, faz com que a escolha do modelo ideal dependa de onde e como ela será utilizada.

Com todos os diferentes tipos disponíveis é difícil saber qual o melhor modelo para se comprar. Pensando nisso, no post de hoje apresentaremos as características de cada um dos modelos mais comuns e traremos dicas sobre como manter essa ferramenta em ótimo estado de conservação. Boa leitura!


Quais os tipos de mangueira para jardim?


Antes de escolher a mangueira de jardim adequada para as suas necessidades, é preciso considerar alguns pontos importantes, como para que ela será utilizada. Em geral, existem modelos para rega de plantas em vasos, para irrigação de gramados e jardins amplos ou até mesmo para lavar o quintal, por exemplo.

Diante disso, existem diferentes aplicações e, portanto, é necessário avaliar os tipos de mangueira e suas aplicações para escolher aquela ideal ao seu tipo de necessidade. Confira a seguir, as principais disponíveis no mercado.


Mangueira de borracha


Resistentes às intempéries climáticas, as mangueiras de borracha são mais flexíveis e maleáveis, não sofrendo transformações importantes em decorrência da mudança de temperatura, incidência dos raios solares, etc. 

Por se tratar de um material tóxico, porém, não se recomenda o contato direto com animais domésticos. Outra característica positiva deste modelo é sua durabilidade e pressão, apesar de serem mais pesadas em relação aos demais modelos.


Mangueira de PVC


Leves e flexíveis, as mangueiras de PVC são compostas por diversas camadas, o que também confere ao modelo maior tempo de vida útil. Além disso, assim como a mangueira de borracha, o PVC oferece boa resistência contra as ações do clima e uma ótima pressão de água, o que permite uma utilização mais ampla, isto é, para desempenhar diferentes funções.


Mangueira plástica


Muito utilizada na agricultura, por seu baixo custo e acessibilidade, a mangueira plástica pode ser utilizada tanto para realizar o transporte simples de água quanto para irrigação de diferentes tipos de cultura. Como desvantagem, este modelo é menos tolerante às mudanças do clima, pois tendem a se deformar com maior facilidade, além de não serem resistentes à pressão de água superior a 5 bar.


Mangueira em Silicone ou Nylon


Bastante elásticas e resistentes, as mangueiras em silicone podem trabalhar em temperaturas que variam entre -20ºC e +40ºC, portanto, sua resistência é um dos principais fatores na hora da escolha por este modelo, que também é comumente utilizado no setor de horticultura.

Por outro lado, as mangueiras em Nylon não trabalham de forma positiva quando submetidas a altas temperaturas e/ou pressão. Em contrapartida, este modelo é pouco volumoso, muito leve, flexível e resistente.


O que avaliar na sua escolha?


Em linhas gerais, tanto o tamanho quanto a vida útil do equipamento são fatores que devem ser analisados de forma mais criteriosa na hora de escolher o modelo ideal. No que concerne ao tamanho do equipamento, não se deve avaliar apenas o seu comprimento, uma vez que o diâmetro da mangueira para jardim também é um detalhe importante. 

Nesse caso, seu comprimento total deve ser o necessário para cobrir toda área que será molhada. Já o diâmetro corresponde ao tamanho da torneira, para evitar o uso de adaptadores, uma vez que eles podem reduzir a pressão da água. Por fim, a vida útil do material dependerá exclusivamente de seu uso e cuidados com a conservação.

Se armazenadas de maneira apropriada, alguns modelos, como as mangueiras de borracha podem chegar até 20 anos. Porém, mangueiras plásticas ou de PVC tendem a se deteriorar mais rapidamente.


Quais os cuidados necessários com as mangueiras?


Para se ter jardins bonitos e muito bem cuidados, é preciso contar com algumas ferramentas, dentre as quais a mangueira é peça fundamental. Entretanto, a manutenção do equipamento, bem como sua correta conservação são fatores primordiais para prolongamento de sua vida útil.

Confira, a seguir, algumas dicas que poderão ajudá-lo a minimizar eventuais desgastes pelo mau uso:
 
  • Sempre após utilizar o equipamento, verifique se há acúmulo de água no seu interior e retire todo excesso antes de guardá-la;
  • Não deixe a mangueira exposta por longos períodos à céu aberto a fim de evitar a deterioração do equipamento em razão das influências climáticas, já que os raios solares pode, no longo prazo, gerar manchas e rachaduras do material;
  • Manter a mangueira sempre úmida pode ocasionar a proliferação de fungos, sendo assim, é muito importante guardá-la em um local seco e livre de luz;
  • Após utilizar, sempre procure guardar a mangueira em um suporte fixo, assim, evita-se maior dificuldade no manuseio, bem como o comprometimento da sua estrutura, já que ela não estará sempre retorcida.
O que achou das dicas e informações que trouxemos neste texto? Caso precise encontrar um modelo que melhor se adapta às suas necessidades, confira os tipos de mangueira para jardim que você pode encontrar na Safra Home Center.